É nos dias de hoje o melhor exemplo do que é ser realmente um actor “de método”. Apesar de ter sido na pele de Batman que se catapultou para o patamar mais alto de fama, foi com outros filmes que se notabilizou perante a crítica, acumulando prémios e interpretações memoráveis. Neste artigo falamos sobre as mais espectaculares do camaleão de Hollywood! Christian Charles Philip Bale nasceu em no País de Gales, há 46 anos. O pai era piloto e a mãe artista de circo, circunstâncias que levaram a que a família vivesse em vários países durante a sua infância. Inglaterra e Estados Unidos são dois deles e outro é… Portugal. Isso mesmo, viveram cerca de 1 ano no Algarve, perto de Albufeira. Todas estas mudanças, terão tido, segundo o próprio, influência na escolha de ser actor. E bem vistas as coisas… faz todo o sentido! Por muito que Bale tenha capacidades técnicas acima da média, muito do seu sucesso está nas transformações físicas a que sujeita o seu corpo, ajudando a que as personagens que interpreta estejam completamente descoladas do que ele é e sejam sempre capazes de surpreender.

The Dark Knight European Premiere

AS MAIS INCRÍVEIS TRANSFORMAÇÕES

THE MACHINIST, 2004


É neste filme que podemos ver pela primeira vez uma transformação física verdadeiramente assustadora! Para se colocar na pele de um maquinista que, por sofrer de insónias, não consegue dormir durante um ano e por isso começa a descontrolar-se emocionalmente, Christian Bale teve de emagrecer mais de 30 kilos. E a certa altura no processo uma das formas que o próprio encontrou de conseguir emagrecer ainda mais foi… apenas fumar cigarros e beber whiskey. Creepy, han?!

THE FIGHTER, 2010


Em 2010, para interpretar o papel de Dicky Eklund, irmão e treinador do pugilista Micky Ward, retratado por Mark Wahlberg, Bale voltava a protagonizar um emagrecimento notável. E apesar de neste caso não ter sido a uma escala tão chocante, a verdade é que foi mesmo esta personagem fisicamente muito activa que lhe valeu o primeiro e único Oscar da carreira até ao momento. É, também por isso, um filme imperdível e que vale sempre a pena rever!

AMERICAN HUSTLE, 2013


Para muitos foi um filme “estranho”. Mas trouxe-nos a transformação inversa às que tinha feito anteriormente: para o papel de Irving Rosenfeld teve de engordar 20 kilos. E como? Simplesmente comendo tudo aquilo que lhe apetecia sem pensar duas vezes. Consta que cheeseburgers e donuts fizeram parte da ementa especial deste momento da sua carreira. O resultado de mais uma aplicação de método… foi o que todos conhecem: uma nomeação para Oscar.

VICE, 2018


Para interpretar Dick Cheney, Bale voltou a ter de engordar cerca de 20 kilos. E se estão a pensar que é fácil fazê-lo depois de já ter feito noutra ocasião desenganem-se. A ideia do actor era ficar com um físico tão próximo ao do ex-Vice Presidente dos Estados Unidos que o levou a trabalhar para que conseguisse engordar mais do que o normal na zona do pescoço – algo que, no caso de outro actor, teria ficado certamente a cargo da equipa de maquilhagem. Christian Bale provou, neste filme, mais uma vez, que as suas personagens se constroem da forma mais realista possível. Ah, e com este filme, mais uma nomeação para Oscar! Thumbs up!