Tal como há cenas que nunca se esquecem, também há trabalhos de guarda-
roupa em filmes que ficam gravados na memória de todos aqueles que amam e
estudam a sétima arte. Fatos ou vestidos que inspiraram gerações, se tornaram
tendências de moda e lutaram, sem saber, contra preconceitos, e outros que pelo
seu cariz inovador fizeram com que os filmes em que entravam falassem ainda
mais alto. Por tudo isto hoje é dia de revelar os cinco looks mais marcantes da
história do cinema!

Marilyn Monroe em “The Seven Year Itch” – 1955


Quem não conhece este vestido branco? Marilyn Monroe tornou-se não só num
ícone da sexyness pelo mundo fora mas também em algo muito maior e mais
importante: num símbolo que provava que as mulheres podiam ter uma atitude
mais arrojada no que vestiam sem deixar de ter classe! E provavelmente pode
mesmo dizer-se que este vestido terá sido em parte responsável por todo o
impacto de Marilyn na indústria e no resto do mundo.

James Dean em “Rebel Without a Cause” – 1955



Curiosamente no mesmo ano em que Marilyn vestia e encantava de branco…
James Dean eternizava um look que tem tanto de simples quanto de desportivo.
O filme falava de um jovem que se tentava impor na sociedade de forma
arriscada e o que vestia essa personagem, “Jim”, era simplesmente uns jeans
azuis, uma t-shirt branca e um casaco vermelho. Um visual que se tornou
referência e se pode ver em muitas lojas, restaurantes e cinemas em Los Angeles,
percebendo-se a dimensão do actor e do que significou este papel em específico.

John Travolta e Samuel L. Jackson em Pulp Fiction – 1994


Pulp Fiction é um dos filmes preferidos de várias gerações e por isso seria difícil
não incluir aqui os míticos fatos pretos usados pelos dois protagonistas! Fatos
esses que acabam por mascarar a falta de normalidade na atitude de ambos. É
caso para dizer que fazem realmente parte da construção de personagem e que o
filme não seria o mesmo se estivessem vestidos de outra forma.

Keanu Reeves em “The Matrix” – 1999


Fato preto, t-shirt preta, óculos pretos, coldres pretos. E tudo o resto que não
estava visível… também seria preto, certamente! Foi com este look simplista mas
muito carregado e marcante que Keanu Reeves protagonizou “Neo”, em “The
Matrix”. De tal forma que quase nos fez sentir a todos que se nos vestíssemos
assim teríamos as mesmas capacidades físicas do personagem. Só que
infelizmente… não!

The Great Gatsby – 2013


Neste caso não destacamos uma personagem especificamente mas sim todo o
trabalho de guarda-roupa do filme. Embora não sejam inovadoras no sentido
puramente tecnológico, as peças criadas para este filme são tão trabalhadas e
deslumbrantes que seria injusto não fazer esta menção. Pedras preciosas, cores
fortes e design arrojado são apenas alguns dos factores que contribuem para o
sucesso de um filme que, em 2013, levou para casa o Oscar de melhor guarda-
roupa.