O que têm em comum três super-estrelas do mundo do desporto como Cristiano Ronaldo, Rafael Nadal e Lewis Hamilton?! Dica: a resposta está no pulso!

O LUXO ATRAVÉS DO RELÓGIO

Os relógios são muitas das vezes encarados como mais do que peças – mais ou menos complicadas – que nos dizem o tempo, entre outras coisas. Na verdade, pela forma como os vemos hoje em dia trabalhados pelas equipas de Marketing das grandes marcas relojoeiras, podemos dizer que funcionam até mais enquanto acessórios de luxo e, principalmente, como elementos que definem a excentricidade de quem os usa.

Todos os desportistas de que falamos agora já garantiram o seu lugar enquanto lendas do desporto que praticam: porque batem records, porque são carismáticos e reconhecidos como tendo características humanas diferenciadoras. Quanto a nós, juntámo-los porque são também três ícones de moda e lifestyle associado ao desporto e, porque, têm uma presença forte no mundo dos relógios.

Cristiano Ronaldo

Ao contrário de muitos outros, o nosso craque não é visto apenas a usar uma marca específica fruto de acordos comerciais. Já muitas vezes o vimos com alguns dos modelos mais raros da Franck Muller e principalmente Rolex, quase sempre personalizados com pedras preciosas.

Mas a marca que mais tem dado nas vistas no seu pulso é mesmo Jacob & Co, uma marca de super-luxo e que é a antítese do “relógio suíço”: é uma marca recente, fundada em 1986 e com sede em… Manhattan. É reconhecida pelos seus designs que apesar de pouco funcionais… são muito, muito excêntricos. Nesta fotografia Cristiano Ronaldo tinha no pulso um relógio da marca avaliado em mais de dois milhões de euros e que continha mais de 400 diamantes encrustados (!)




Rafael Nadal

O ténis é um desporto de intensidade e resistência, com grande impacto físico em quem o pratica. Talvez por isso a Richard Mille tenha apostado em Rafael Nadal para introduzir os seus relógios ao mundo do Desporto de forma global. Nadal, lenda do Ténis e percepcionado como o melhor de sempre a jogar em terra batida, aceitou o convite e começou por fazer o impensável: jogar com um relógio no pulso – um Richard Mille que vale mais de setecentos mil dólares e que foi desenhado propositadamente para pesar apenas 20 gramas e aguentar esforços ao nível dos dez mil g’s.


A construção deste relógio inspirou outros modelos da marca e que já estão presentes nos pulsos de muitos desportistas de grande escala mediática, como por exemplo Odell Beckham JR, estrela da NFL.

Lewis Hamilton

Comparativamente a Cristiano Ronaldo e Rafael Nadal, Lewis Hamilton é praticamente o oposto: tem uma ligação a uma marca swiss made e cuja herança histórica é incrível – tendo começado em 1868. É uma das marcas mais prestigiadas da relojoaria suíça e patrocina a equipa de fórmula 1 da Mercedes, em que Hamilton brilha.

Apesar de ser uma relação contratual, Lewis Hamilton parece ser já um verdadeiro apaixonado pela marca IWC e pelo seu design tão icónico. Tanto que já o vimos com vários modelos no pulso e muitas das vezes em contexto mais informal. As derivações de um dos relógios mais famosos da marca – o Big Pilot – parecem ser as suas preferidas. Especialmente a que a marca criou em sua homenagem e que é uma edição limitada a cem peças apenas.