Estreia hoje “The Last Dance”, na Netflix, e nós vimos à lupa o primeiro episódio – que para além de Michael Jordan e de muitas imagens gloriosas, nos traz também… Barack Obama. Tudo começou em 1984, quando o NBA draft ditou a ida de Michael Jeffrey Jordan para os Chicago Bulls. Quando chegou, prometeu que quando saísse teriam já sido campeões. Só não disse que pelo caminho ganhariam não um mas sim vários campeonatos e que fariam juntos a história que é para muitos a do melhor jogador de basquetebol de todos os tempos. E que pôs os Chicago Bulls no mapa para sempre.

O episódio começou e só conseguíamos pensar que as imagens parecem revestidas a ouro! Porque mexem nas nossas recordações mais valiosas de infância, e são sonorizadas muitas vezes pelo tão clássico hip-hop dos anos 90 que nos acompanhou em muitos momentos, dos mais marcantes do nosso crescimento à mais simples rotina diária de ir e vir para a escola com os headphones nos ouvidos.

Vemos uma mistura de imagens actuais com testemunhos, imagens de alguns dos jogos-chave desta equipa e de Michael Jordan (grande parte delas de arrepiar qualquer um), de muitas memórias de bastidores e ainda outras imagens simplesmente curiosas e que provam que não só dentro do campo esta equipa é, de facto, a mais icónica de sempre da história da NBA. Incluindo uma filmagem de uma criança que está no meio da estrada a parar o trânsito para conseguir… um autógrafo. O build up para a história que nos vão começar a contar é simplesmente priceless!

Para além do tom da série, este primeiro episódio traz-nos desde logo uma boa notícia: parecem estar cá todas as lendas para contar a história da última dança – de como foi a última época desta equipa e com este treinador, depois de cinco campeonatos ganhos em sete anos e de todas as dúvidas que havia naquele específico momento em torno do futuro do clube e de como se despediriam de uma era dourada. Michael Jordan, Scottie Pippen, Denis Rodman e Phil Jackson – entre muitos outros intervenientes que na altura ajudaram a definir o que viria a ser um período único e imbatível da história do clube de Chicago e de todos estes jogadores. Ah… e até Barack Obama chega até nossas casas e dá o seu testemunho nestes primeiros cinquenta minutos.

Esta série, original da Netflix, terá dois episódios novos a cada semana. Hoje foram lançados os dois primeiros e no dia 27 estreiam o terceiro e o quarto – sendo que o nono e décimo, que terminam a série, serão lançados no dia 18 de maio. Pela amostra de hoje… temos a certeza que “The Last Dance” vai estar durante largas semanas no top de visualizações da plataforma, tendo potencial para se tornar em mais um conteúdo de referência para todos aqueles que vibram com o desporto e nasceram na já tão emblemática década de 90. Como nós!