Créditos: José Coelho | LUSA

Apesar da primeira volta de sonho do Benfica, o Porto foi mais forte e acaba de se sagrar campeão nacional de futebol! E se é verdade que é um título conquistado em equipa… também o é que neste Porto há três figuras maiores e que contribuíram muito para que todo o clube possa estar agora em festa.

Créditos: Lusa

Esta temporada 2019/2020 parece que dura há séculos. Foi obviamente impactada pela pandemia e chegou a temer-se que acabaria mesmo sem se jogar o que faltava, e, consequentemente, sem campeão. Felizmente esse cenário não se concretizou e a bola voltou a rolar. Algumas equipas surgiram, depois da paragem forçada, melhor do que estavam antes, e outras precisamente o contrário. Quanto à luta pelo título de campeão nacional… o Benfica vacilou e o Porto mostrou-se mais forte, consistente, e com mais armas – no fundo foi a melhor equipa e teve as melhores individualidades, estivessem elas no banco ou em campo!

Para nós, no Pela Fechadura, estas são as figuras que mais contribuíram para que o Porto se conseguisse sagrar campeão nesta temporada tão “especial”:

ALEX TELLES

Créditos: IconSport

Lateral esquerdo, homem das bolas paradas e goleador. Alex Telles já tinha mostrado, nas temporadas anteriores, toda a sua capacidade para ser decisivo. Mas esta época foi mesmo mais longe. Os números falam por si – os das estatísticas e os que se diz que alguns clubes estão dispostos a pagar para o levar do Porto.

Presenças até hoje nesta temporada da Liga: 29
Assistências: 6
Golos: 10

JESÚS CORONA

Foi claramente o jogador que mais encantou durante esta época. Tal como Alex Telles, tem vindo a crescer de rendimento nas últimas temporadas (apesar de um início relativamente timido) e esta já jogou a um nível muito, muito bom. A sua velocidade, capacidade técnica e, nesta época, capacidade de se adaptar tacticamente a várias posições e funções, fazem dele um talento absoluto do actual futebol português.

Presenças até hoje nesta temporada da Liga: 31
Assistências: 10
Golos: 4

SÉRGIO CONCEIÇÃO

Créditos: Global Imagens

Começámos pelos jogadores porque para nós são eles as grandes estrelas que constroem dia após dia a paixão dos adeptos por esta modalidade incrível. Mas para dizer a verdade, se este título tivesse o nome de alguém, chamava-se Sérgio Conceição. No final da primeira volta a desvantagem de 7 pontos assustou os portistas e chegou mesmo a falar-se na saída do treinador. Sérgio tem o enorme mérito de ter aguentado a turbulência e, depois de receber e vencer o Benfica em casa (3-1), conduziu a equipa a uma recuperação épica e que hoje se traduz na conquista do campeonato.

Goste-se ou não, é um vencedor nato e o seu perfil exigente e cheio de raça ficou mais uma vez vincado.

Créditos: Peter Spark / Movephoto

Parabéns ao Futebol Clube do Porto!