as últimas semanas têm sido repletas de rumores sobre o mercado televiso, mas a partir de hoje há já uma enorme certeza: Cristina Ferreira está de regresso à TVI para apresentar e… gerir os destinos da estação. Curiosamente a “bomba” surge exactamente uma semana depois de a SIC ter anunciado a contratação de Bruno Nogueira.

Apanhou-nos a todos de surpresa e neste momento não se fala noutra coisa. Depois do anúncio da mudança para a SIC em 2018, e de ter originado o regresso da estação à liderança de audiências (que não acontecia há dezenas de anos), Cristina Ferreira aceitou uma proposta da TVI para voltar e em moldes muito diferentes daqueles em que lá esteve anteriormente: para além de voltar à antena – certamente para apresentar o programa da manhã – será Directora de Entretenimento e Ficção e, ao que tudo indica, dito pela própria, acionista da Media Capital, grupo do qual faz parte a TVI.

Nas palavras da própria:

É um regresso à casa mãe, com funções distintas e um projecto ambicioso ao qual era impossível dizer que não. É uma escolha conduzida pelo afecto com a firme vontade de contribuir para recolocar a TVI no coração de todos os portugueses

Ainda não há dados muito mais concretos mas é já sabido que o regresso à apresentação na TVI acontecerá em Setembro.

Esta mudança fará provavelmente com que outras figuras maiores se movimentem entre canais. “Nos corredores do meio” fala-se inclusivamente na possibilidade de Filomena Cautela ser a escolhida pela SIC para o mesmo horário, passando a rivalizar com Cristina Ferreira.

Se dúvidas houvesse sobre o poder e influência ímpares de Cristina Ferreira no mercado televisivo e do lifestyle em Portugal, elas estarão agora totalmente desfeitas. É mesmo única e certamente que os resultados continuarão a mostrá-lo.