Agora é oficial! A prova rainha do automobilismo está mesmo de volta a Portugal, 24 anos depois da última vez em que tivemos entre nós as maiores estrelas da modalidade. A grande mudança é mesmo o autódromo: ao contrário do que aconteceu em 1996, esta corrida vai realizar-se no Autódromo Internacional do Algarve, entre os dias 23 e 25 de Outubro.

Créditos: Mathias Kniepeiss | Getty Images

Nos últimos meses os rumores adensavam-se neste sentido. Infelizmente esta pandemia trouxe-nos, inegavelmente, muitas consequências negativas. Mas também algumas colaterais e que são positivas, como disso são os melhores exemplos a escolha de Lisboa para realizar a final a oito da Liga dos Campeões e agora esta, de incluir o circuito português na época oficial de 2020 da Fórmula 1. Com a impossibilidade de viajar para determinados países pela logística necessária em face das restrições de saúde e ainda pela segurança sanitária, a organização da F1 teve forçosamente de encontrar uma forma de viabilizar a época em moldes competitivos relativamente parecidos aos habituais: e a solução acabou por ser realizar mais do que uma prova em alguns circuitos habituais e procurar outros menos habituais mas com potencial, em zonas mais seguras – e é precisamente aí que entra o circuito de Portimão.

1996 vs 2020

As diferenças entre uma corrida de Fórmula 1 em 1996 e 2020 são muitas e claríssimas! A tecnologia elevou a modalidade a um outro nível e tecnicamente dotou os pilotos de mais recursos. Mas não podemos necessariamente retirar valor àqueles que brilharam em 1996 na pista do Estoril, até porque pode dizer-se que as corridas na altura se decidiam mais ainda pela capacidade do piloto e não tanto pela tecnologia: entre eles estavam Damon Hill, Jacques Villeneuve, David Coulthard e um ainda jovem com capacidade tremenda que dava pelo nome de… Michael Schumacher.

Créditos: PA IMAGES

Em 2020 as superestrelas são Lewis Hamilton e também no topo, destacadíssima das restantes, a sua Mercedes, que domina a concorrência aos pontos, levando a melhor sobre a Ferrari e a Red Bull há vários anos consecutivamente. Valtteri Bottas (Mercedes) e Sebastien Vettel (Ferrari) são alguns dos nomes mais consolidados do circuito mas com o estatuto a ser desafiado por outros nomes com enorme potencial como Max Verstappen (Red Bull) e Charles Leclerc (Ferrari).

Créditos: Skysports.com