As últimas semanas têm sido muito animadas no que diz respeito ao showbiz televisivo português. Depois da notícia da mudança estratosférica de Cristina Ferreira para a TVI – um regresso planeado no maior segredo e que caíu que nem uma bomba – agora é Teresa Guilherme que está de volta à grelha da TVI e para apresentar o programa que mudou a televisão portuguesa e que em Setembro celebra 20 anos desde a primeira emissão: o Big Brother.

Fora dos ecrãs da TVI desde 2018, altura em que se despediu dos reality shows da estação de forma visivelmente emocionada – entrando Manuel Luis Goucha para o seu lugar – o regresso de Teresa Guilherme é, mais do que tudo o que se possa dizer, um regresso às origens, um regresso à normalidade e… a uma estratégia gloriosa que valeu à TVI a liderança das audiências de televisão entre 2000 e 2020. Um período de incrível sucesso.

O regresso está marcado para Setembro, altura em que o Big Brother regressará para uma edição especial comemorativa dos 20 anos de existência, chamada: “Big Brother: A Revolução”.

“A TVI TEM MEMÓRIA”

Cristina Ferreira já comentou o regresso de Teresa Guilherme à TVI e ao Big Brother, com duas frases marcantes: “A TVI tem memória. Setembro é já amanhã”.

View this post on Instagram

A TVI tem memória. ♥️ Setembro é amanhã.

A post shared by Cristina Ferreira (@dailycristina) on

“MEMÓRIA E APRENDIZAGEM”

Também o nosso João Montez já abordou a grande novidade, deixando claro que Teresa Guilherme transporta consigo um legado de “memória e aprendizagem”.

As reacções pelas redes sociais multiplicam-se e não deixam grandes dúvidas: Teresa Guilherme volta a um lugar que, por mérito próprio, nunca deixará de ser seu. Mesmo que outros nomes por lá passem.