O ano de 2020 ficou também marcado pelo inesperado regresso da Fórmula 1 a Portugal, com o feedback de equipas, pilotos e da organização da prova a ser excelente em todos os sentidos, acabando por aumentar a expectativa sobre a possibilidade de uma repetição em 2021. E a verdade é que sobre este tema, pode mesmo haver boas notícias a chegar muito em breve!

Voltando atrás no calendário até ao dia 25 de outubro, todos nos lembramos que a corrida no Autódromo Internacional do Algarve encheu não só as bancadas mas também as manchetes dos media e as redes sociais – nem sempre por óptimas razões, mas encheu, sendo claramente um dos eventos mais relevantes do ano no nosso país. Daquele dia lembramo-nos especialmente de ser um daqueles em que o sol brilha em todo o seu esplendor e também de como a prova animou tantos e tantos amantes do desporto motorizado em Portugal. O desfecho da corrida foi o esperado, sendo Lewis Hamilton o vencedor, e com a particularidade de com essa vitória ter superado o record de maior número de corridas da categoria ganhas, que anteriormente pertencia a Michael Schumacher.

Créditos: Jorge Guerrero, Pool via AP

ADEUS CHINA, OLÁ PORTUGAL!

Apesar de já não ouvirmos tanto falar sobre a situação chinesa, a verdade é que a pandemia também continua por lá e a fazer estragos. Neste caso específico, as dificuldades no controlo da propagação da doença e o grande esforço logístico a que uma prova de Fórmula 1 obriga, acabaram por ser os motivos para que a organização chinesa desta etapa do circuito pedisse o adiamento da respectiva prova. E é mesmo aqui que Portugal acaba por entrar em cena!

Tendo em conta todo o feedback positivo em torno da organização da prova no Algarve, em Outubro, e apesar de não termos passado a integrar o calendário permanente da temporada, ficámos claramente com a posição de primeiro suplente – e que agora, à primeira “desistência”, provavelmente nos dará o lugar de organizarmos uma corrida em Portugal.

A confirmar-se, teremos Fórmula 1 em Portugal e logo no início da temporada: mais propriamente na segunda etapa, que se realizará no início de Abril.