Mil e uma teorias da conspiração e alguns anos depois, a Netflix decidiu contar ao mundo a história de mais um macabro acontecimento no já famoso – pela negativa – Hotel Cecil. Situado na baixa de Los Angeles, e perto de uma zona com gente e problemas a mais nas ruas, já de tudo um pouco tinha acontecido neste Hotel. Mas nada com tanto mistério e terror envolvido!

Se tivesse sido escrito com o propósito de ser realizado para televisão ou cinema não haveria tantas coincidências e suspeitas justificadas. A morte de Elisa Lam, jovem canadiana com ascendência chinesa que viajou até à costa oeste dos Estados Unidos da América na tentativa de “se descobrir”. Pelo contrário, acabou por ter um final trágico e absolutamente misterioso, que até aos dias de hoje deixou no ar muitas dúvidas.

UMA VERDADEIRA MONTANHA RUSSA!

Depois de “Don’t F**k with Cats: Hunting an Internet killer”, a Netflix volta a apostar neste tipo de formato que, ao longo de quatro episódios, conta com entrevistas de praticamente todos os intervenientes desta história: desde a gerente do hotel aos investigadores policiais, passando pelos investigadores amadores que procuram incessantemente incoerências que levem à descoberta do que realmente aconteceu a Elisa.

Durante esta sequência de episódios passamos por vários estados emocionais: ficamos incrédulos, chocados, irritados e, por fim, claro, tristes. Desconfiamos das opções mais óbvias e embarcamos em teorias das conspiração que de conspirativas parecem ter muito pouco. Tudo parece real! Nesse sentido, podemos afirmar que pode ser de certa forma um pouco assustador.

Resumindo: são mais de três horas de mistério que se vêem num piscar de olhos e que, felizmente, nos trazem um final relativamente fechado…! É uma daquelas minisséries que se vêem bem num só dia e que não são game changing, apesar de nos manter interessados para perceber como vai acabar. Ah e preferencialmente aconselhamos, sobretudo aos mais sensíveis, que a vejam durante o dia!

De acordo com os “tops” da plataforma este “Crime Scene: The Vanishing at the Cecil Hotel” tem sido muito visto um pouco por todo o lado. O que deixa claramente a porta aberta a outras temporadas, sobre outros casos. Esperemos para ver!