Tudo parece possível de acontecer no ano de 2021. Desta vez fomos surpreendidos com o anúncio do fim dos Daft Punk, que assim se separam ao fim de quase trinta anos de actividade e depois de terem criado algumas das músicas mais icónicas das últimas décadas e que influenciaram em grande escala a indústria da música e mais especificamente a produção com recurso à tecnologia.

“EPILOGUE” MARCA O FIM

Enigmaticamente, um novo vídeo surgiu na conta de YouTube da banda. Com o título “EPILOGUE”, mostra os dois músicos (Thomas Bangalter e Guy-Manuel de Homem-Cristo) vestidos de robot – como costumavam aparecer sempre – e a andar no deserto. À medida que o vídeo vai avançando percebemos claramente o distanciamento entre eles e que isso leva ao fim agora revelado. A história é simples mas incrivelmente bem produzida, e já conta com mais de 12 milhões de visualizações em apenas um dia. Avisamos os fãs mais sensíveis de que é bem possível que se emocionem a ver – até porque termina com um áudio de um excerto da música “Touch”, que diz:

“If love is the answer you’re home”

AS MÚSICAS QUE NINGUÉM ESQUECERÁ

Apesar de a banda ter chegado ao fim e ficarmos a saber que cada músico seguirá o seu caminho, o legado dos Daft Punk é inegável. A criatividade e sonoridade da banda é inconfundível e inspirou várias gerações. Do muito que criaram, realçamos as músicas que claramente demonstram o porquê do sucesso de 28 anos deste duo e às quais não somos nunca indiferentes:

ONE MORE TIME – O primeiro grande hit e que, desde cedo, deu a conhecer o ADN da banda

HARDER, BETTER, FASTER, STRONGER – A música que traz o primeiro Grammy (melhor Dance Music Recording)

GET LUCKY – Outro dos maiores sucessos da banda, com featurings de Pharrell Williams e Nile Rodgers, e que originou o Grammy de Melhor Álbum em 2014

O que podemos esperar dos dois músicos no futuro é uma verdadeira incógnita. Mas como em tudo na vida, o primeiro passo é agradecer tudo o que já nos deram e agora ansiar pelo melhor.

De 1993 a 2021 foi uma bela viagem, inesquecível. Obrigado!