Histórias como esta nunca deixam de nos surpreender mas, ao mesmo tempo, recordam-nos que o futebol é, muito mais do que tudo o resto, um veículo de interacção entre seres humanos que partilham valores, crenças e cores. Rhali Dobson, jogadora internacional australiana do Melbourne City, despediu-se dos relvados para poder dedicar-se a apoiar o seu namorado, que está doente, com uma performance memorável. Mas foi no final do jogo que aconteceu o momento mais marcante.

Lemos esta história na BBC e automaticamente quisemos partilhá-la aqui – sabemos que é daquelas que todos os verdadeiros fãs de futebol vão querer ler. Esta modalidade que tanto amamos tem este lado humano incrível, que faz com que tanta gente se ligue entre si, e este é só mais um episódio que o prova.

Rhali Dobson, que jogou mais de cem vezes com a camisola do Melbourne City, decidiu retirar-se do futebol para poder apoiar a 100% o seu namorado (outrora também futebolista) nesta sua segunda batalha contra um cancro no cérebro. O último jogo da australiana decorreu ontem e Dobson fez um dos golos com que a sua equipa venceu, por 2-1, o Perth Glory. Se isto já era o suficiente para ser um “adeus” ou “até já” emocionante?! Era… mas o grande momento da noite chegou depois!

No final da partida foi o namorado da jogadora que, em pleno relvado, a apanhou completamente desprevenida e a pediu em casamento. Poucos momentos depois, após muitas lágrimas, foi abraçada em euforia pela restante equipa.

Segundo a história da BBC, Dobson admitiu entretanto que ela própria já tinha abordado o namorado pelo menos duas vezes no sentido de se casarem, mas que a reacção deste tinha sido “sorrir”. Afinal… tinha outros planos, bem mais especiais!

A mensagem deste texto é clara: o futebol são as pessoas e o sentimento que as une, seja de que tipo for. Neste caso é Amor, e está perfeitamente espelhado tanto naquilo que aconteceu no relvado como nesta frase da própria Rhali Dobson:

“Isto é muito maior do que o desporto. Ele é o meu mundo”