Séries de crime e aventura rimam com México e com os sotaques espanhóis. Depois dos sucessos de Queen of the South mas sobretudo Narcos e Narcos: México, surge este !?Quien Mató a Sara?!, que está a dar que falar em Portugal, sendo a série mais vista da plataforma no país. A permissa é simples e directa mas a execução leva-nos a dúvidar de quase tudo o que vamos vendo – e é mesmo isso que torna a série interessante!

Partimos para o primeiro episódio sem grande expectativa e talvez tenha sido isso que fez com que tenhamos acabado com aquela vontade típica de ver logo o seguinte. Pelo que tínhamos lido antes, pareceu-nos “só mais uma série de crime”, mas a verdade é que apesar de ter um ponto de partida bastante básico, o resultado final acaba por nos conseguir prender porque cumpre o principio básico do entretenimento: manter-nos à espera de algo que vai acontecer.

Um dos ingredientes de sucesso, provavelmente o mais determinante, é mesmo o guião, que nos coloca desde o primeiro momento a torcer pelo personagem principal, injustiçado, e contra uma família que tem um “monstro” que ainda não conseguimos perceber quem é mas que sabemos ser o assassino de Sara.

Sem entrar em grandes detalhes, não podemos deixar de realçar que há duas personagens que conduzem a história e que vão mexer e muito com o status quo da tão rica e promiscua família Lazcano: a filha mais nova, Elisa (Carolina Miranda), e Alex (Manolo Cardona), o protagonista que é vítima e se tenta agora vingar, depois de 18 anos preso injustamente.

A série tem 10 episódios e é possível que possa não ficar por aqui. Apesar de não ser nenhuma obra-prima, vale o tempo se gostarmos do género, e representa uma afirmação cada vez maior do idioma espanhol no mundo do streaming.