Todos os anos é o momento mais esperado pela maioria dos entusiastas. O anúncio do lançamento dos novos modelos Rolex mexe com a indústria como nenhum outro! Este ano não foi excepção e a marca volta a apostar em dois eixos principais: o do seu ADN, que se centra em fazer evoluir e aperfeiçoar os seus produtos icónicos, e o dos padrões únicos – que parece fazer cada vez mais sentido num contexto de pandemia. Hoje espreitamos os três novos relógios que estão a dar que falar!

O NOVO VELHO EXPLORER

Uma das grandes novidades deste ano para os mais aficionados pela marca é claramente o regresso do mítico Rolex Explorer a um tamanho mais pequeno (de 39 para 36mm, como o original), tornando-o mais versátil ainda e podendo, claramente, ser utilizado quer por homens quer por mulheres.

Créditos: Monochrome Watches

Este modelo, famoso por ter sido utilizado no início dos anos 50 numa exploração ao topo do Evereste, viu ainda nascer este ano uma nova versão, em aço e ouro. O feedback a este lançamento tem sido agridoce, com muitos dos fãs do Explorer e considerar que sendo um relógio conotado com aventura e dia-a-dia, não faria sentido a utilização do ouro. Mas a verdade é que a Rolex também prima por, muitas vezes, desafiar convenções que a própria marca criou – e isso também é inovação. Quanto a nós, o resultado final não deixa dúvidas: é incrível e vale muito a pena ver ao vivo.

MOSTRADORES COM VIDA

Outra das novidades foi o lançamento de mostradores com novos padrões no modelo Oyster Perpetual – o de entrada de gama mas que muitos acreditam ser o que melhor reflete a essência da marca. Já em 2020 os OP’s tinham sido dotados de novos mostradores, com novas cores que nunca tinham sido vistas assim.

Cinco versões do “Oyster Perpetual” lançadas em 2020

Agora, para 2021, a Rolex anunciou mais dois mostradores que prometem gerar enorme procura: um verde, a cor do ano na indústria relojoeira, com motivos tropicais, e outro dourado, que transporta o formato da luneta metálica (fluted bezel) directamente para a cara do relógio, através de um padrão.

É provável que quer o lançamento colorido de 2020 quer este de 2021 estivessem estrategicamente pensados há mais tempo, ainda antes da pandemia. Mas a verdade é que este movimento da Rolex está também em linha com o contexto em que vivemos: de maior informalidade e necessidade de cor e alegria, de motivos que nos façam sorrir!

O JOKER: ROLEX DAYTONA COM MOSTRADOR METEORITO

Este é sem dúvida o nosso lançamento favorito e porque demonstra que a Rolex, apesar de ser de longe a mais importante marca da indústria relojoeira suíça a nível mundial, não dorme sobre o seu sucesso.

À primeira leitura, pode parecer que este novo mostrador é feito com inspiração na textura de meteorito, certo? Errado! O mostrador é literalmente feito a partir da matéria do meteoríto, sendo constituído por 90% de ferro e 10% de níquel. Depois da extracção desta matéria raríssima, a mesma é sujeita a um tratamento químico que provoca uma reacção e textura únicas – o que faz com que cada um destes Rolex Daytona seja completamente único.

Esta versão que vemos tem caixa em ouro branco e vem equipada com a bracelete Oysterflex (borracha proprietária da marca). Para verem as restantes versões em ouro podem clicar aqui.