À LUZ DA BOA COMIDA!

É verdade que o nosso país está cada vez mais cheio de bons restaurantes. Bons conceitos, muitos deles inovadores ou reinventados, e cada vez mais chefs com maior capacidade técnica e criativa! Tudo isto se resume, no final de contas, em experiências cada vez mais ricas e memoráveis. Como esta que tivemos no “Luz” !

Todos os dias são bons dias para um jantar romântico (podem aproveitar esta dica e levá-la convosco para sempre 😉 ). E por isso eu e a Inês aproveitámos e marcámos uma hora para jantar num restaurante que ainda não conhecíamos e que já nos tinha despertado a atenção, o “Luz”. Bem no centro de Lisboa, na Rua Castilho, encontrámos um espaço com uma decoração moderna e confortável – primeiro ponto: check! Sentámo-nos, chegou a carta e começou a odisseia para escolher o que íamos provar. A sério, uma verdadeira odisseia!! Estávamos com fome e aliando isso à carta apelativa, estivemos ali uns bons 15 minutos naquilo. Quando finalmente decidimos tudo o que queríamos… tínhamos praticamente um menu de degustação pela frente 🙂

Em todas as entradas, pratos e sobremesas sentimos uma consistência acima da média e não houve nada que não gostássemos – quer no que toca às re-interpretações de pratos mais tradicionais quer nos que revelavam capacidade de inovar e misturar sabores e texturas. Tanto para almoçar como para jantar o “Luz” pode ser o sítio certo se o que pretenderem for conforto, uma carta moderna, comida muito bem confecionada e uma localização central. Ah, e têm um menu executivo que inclui couvert, prato principal, sobremesa e uma bebida por 17 euros. Vão por vim: vale o dinheiro.

Para terminar… já de barriga cheia e depois de um bom vinho, pensámos: “E se ficássemos mais para além do jantar?”. Primeiro a coisa ficou em tom de brincadeira mas passados uns segundos já estávamos mesmo a pensar naquilo a sério. Se tivessem um quarto disponível lá, no Iberostar Lisboa, onde fica o restaurante, ficávamos. E ficámos mesmo, como bons apologistas que somos de quebrar a rotina! 😉

No dia seguinte, quando acordámos, retomámos o nosso plano anti-rotina e fomos do pequeno-almoço directamente ao SPA, onde estivemos verdadeiramente a relaxar. Foi o fim perfeito para um plano a dois no centro de Lisboa 🙂

JM.