AINDA SOBRE A “RONALDOMANIA”

 

O MELHOR DO MUNDO NÃO BATE RECORDES SÓ NO RELVADO.

 

 

Mesmo que uma pessoa não tenho qualquer tipo de interesse no futebol, quem é que nestes últimos dias não ouviu falar de Cristiano Ronaldo e da sua saída do Real Madrid? E como bom português que sou, não podia não comentar o assunto! Até porque acredito que nunca é demais elogiarmos todos os portugueses que andam por este mundo fora a deixar a sua marca.

O melhor jogador do mundo deixou a bonita cidade de Madrid e não só já aterrou em terras italianas, como já veste o número 7 da Juventus! E com todo este ‘burburinho’, a verdade é que o número 7 de 33 anos não quebra apenas recordes em cima do relvado, mas já provou que também o consegue fazer nas redes sociais. (Não fico nada surpreendido!)

Além de atualmente já ser o jogador de futebol com mais seguidores nas redes sociais, ultrapassando, por exemplo, o brasileiro Neymar, a “Ronaldomania” que se tem vivido afetou não só o clube ao qual disse adeus, mas também o novo emblema que vai vestir durante quatro temporadas.

A mediática transferência não foi nada simpática para os merengues, porque segundo o que tenho acompanhado na imprensa espanhola e nacional, o Real Madrid perdeu quase 1 milhão de seguidores no Twitter em apenas 24 horas. (E ainda perguntam os jornalistas se os seus 33 anos de vida são um entrave na sua profissão??)

 

 

Já a Juventus, só tem motivos para saltar de alegria. Vejam: mais de 1.4 milhões de seguidores no Instagram, mais 1 milhão no Twitter e mais 500 mil no Facebook.

Mas há mais (agora só por curiosidade): A Juventus vendeu num dia mais 61% das camisolas que costuma vender num ano (ainda não pôs um pé no relvado e a Juventus daqui a nada já recebeu o dinheiro que investiu!) e, em 2013, o presidente do clube de Turim já tinha dito que ia comprar Ronaldo.

Concordo com ele… Os seus 33 anos em nada o afetam.  Pelo contrário. “Espero surpreender-vos, mais uma vez”, disse a estrela madeirense aos jornalistas que fizeram questão de sublinhar a sua idade na apresentação do clube de Turim.

“Ronaldomania” à parte, há um clube de fãs ainda maior que nunca o deixa: a família Aveiro. Principalmente a mãe Dolores! E nem todos tiveram a sorte de chegar a tempo para comprar a camisola do nº7, mas D. Dolores não deixou escapar a sua, claro!

PS: Não.. não me esqueci da Georgina! E ao contrário do que muitos previam, ali está ela! Discreta, mas com um papel muito mais importante do que pensamos.