E OS NOMEADOS PARA OS OSCARS SÃO…!

Joker, The Irishman e Marriage Story foram três dos filmes sobre os quais escrevi aqui. Todos me marcaram de uma maneira ou outra e as nomeações para Oscars não são propriamente uma novidade. Mas há algumas surpresas na lista com todos os nomeados que foi conhecida ontem. E claro que eu, um verdadeiro geek cinematográfico, não podia deixar de escrever sobre isto! 🙂

Depois de muitos anos de trabalho é altura de produtores, realizadores, guionistas, actores e muitos outros intervenientes indispensáveis na criação de um filme poderem fazer os seus balanços finais: afinal de contas há muitos filmes que têm como objectivo (para além do retorno financeiro) pelo menos uma nomeação para os Oscars. Ontem foi conhecida a lista final dos nomeados!

Joker é o filme com mais nomeações – yeeeeeahhhh!!! (grito cheio de entusiasmo e que chega à casa dos vizinhos). São onze no total e incluem as principais categorias: Melhor Filme, Melhor Actor e Melhor Realizador.

Logo de seguida surgem três filmes completamente distintos: The Irishman, Once Upon a Time in Hollywood e 1917, com dez nomeações cada. Ainda neste capítulo é de destacar, pelo menos nas nomeações, a derrota de Marriage Story, outro filme que era apontado com um dos mais fortes. Mas apesar de contar apenas com seis nomeações, três delas são nas tais categorias mais desejadas: Scarlett Johansson parece ter sérias hipóteses de vencer o galardão para a Melhor Actriz e Adam Driver concorre para Melhor Actor, para além da nomeação para Melhor Filme.

Confesso que fiquei surpreendido com o volume de nomeações de 1917, apesar de ser um filme incrível. Já The Irishman não me surpreende minimamente porque é um filme de carreira de Martin Scorsese, com uma mão cheia de interpretações divinais (o que fica provado pelas duas nomeações na categoria de Melhor Actor Secundário – para Al Pacino e Joe Pesci), e tecnicamente é excelente. O mesmo posso dizer de Once Upon a Time in Hollywood: é tudo aquilo que se esperava quando Tarantino juntou Leo DiCaprio e Brad Pitt. De Joker já nem digo nada, para não parecer demasiado parcial… 🙂

Ah, e é impossível não destacar a Netflix que, pode dizer-se, dizimou a concorrência e se afirmou em 2019 como o melhor “estúdio/produtor” de todos. Um verdadeiro feito neste mundo da sétima arte que, já no ano passado, viu “Roma” indicar que mais cedo ou mais tarde isto viria a acontecer!

OS MEUS PALPITES!

Só na madrugada de dia 10 de fevereiro saberemos os resultados. Mas o que é certo é que o meu favorito continua a ser… Joker. A obra-prima encabeçada por Joaquin Phoenix e que, acredito, vai marcar o cinema para sempre. Estou confiante de que deve mesmo ganhar Melhor Actor e Melhor Filme. Quanto à Melhor Actriz acredito que seja Scarlett Johansson. Já a categoria de Melhor Realizador acredito que esteja muito renhida mesmo… Scorsese, Todd Phillips, Sam Mendes e Tarantino: qualquer um deles merecia e pode ganhar… mas a ter que apostar num, apostaria em Todd Phillips.

Se ainda não viram algum destes filmes… ainda vão a tempo 😉

JM.