JAY’S: MAIS DO QUE UM BRUNCH!

Fica situado na Parede, já perto de Cascais, e é o brunch mais recente que provei. O “passa palavra” funcionou e neste caso foi uma amiga minha que me disse que devia lá ir experimentar. Com um conceito muito próprio, este é um bom exemplo de que podemos sempre inovar mesmo que à partida não inventemos nada de muito novo. O Jay’s é o local perfeito para um brunch saudável e para aprender. Curiosos?!

Mesmo estando neste momento a escrever-vos directamente da Áustria (com um frio de rachar na rua mas muito quentinho dentro do hotel) não perco a vontade de vos contar esta minha última experiência de brunch em Portugal. Até porque mais do que viciado… estou a ficar especialista em brunches, segundo alguns de vocês que lêem o blogue e me têm dito que foram mesmo provar algum dos que aconselhei aqui! 🙂

Costuma dizer-se que no marketing e publicidade uma das ferramentas mais fortes é o “passa palavra”, ou “boca a boca”. Da minha experiência de ter tido um gastro bar confirmo. E enquanto cliente ainda mais, sobretudo quando quem aconselha é alguém de dentro do meu grupo de amigos. Neste caso foi isso que aconteceu! Nunca tinha ouvido falar do Jay’s até que uma grande amiga me disse que devia experimentar e eventualmente escrever aqui no blogue, já que era um brunch delicioso mas “diferente”. Confesso que depois de já ter experimentado tantos brunches aquele “diferente” ficou na minha cabeça. Então decidi mesmo ir!

 

UM CONCEITO MAIOR QUE O BRUNCH

 

Ao chegar vi um espaço bonito, colado à Avenida Marginal, decorado de forma simples e com pormenores de design interessantes! Mas o que me prendeu o olho foi uma esplanada que apesar de ser pequenina, tem muita pinta, e que deve ser óptima no Verão! Antes de me sentar numa mesa pude perceber ainda, à conversa, que para além de servir brunches e outros alimentos, o Jay’s também serve como plataforma de aprendizagem, através de workshops sobre nutrição e desporto, por exemplo. Aliás esta ligação ao saudável fica logo bem patente quando vemos a carta e que um dos brunches se chama “Atleta” 🙂

Para além dos menus de brunch há muitas outras opções também saudáveis, como as bowls e saladas (açaí, quinoa, vegan, frango, bacalhau e outras), uma grande variedade de ovos e ainda panquecas, waffles e tapioca. Se o factor “saudável” não vos preocupar tanto no momento em que lá forem, têm também os habituais croissants e até hambúrgueres. Variedade não falta e pelo que provei… sabor também não 😉

Será certamente um dos brunches a que ainda vou voltar este ano. Para além da esplanada que me ficou aqui atravessada, há muita coisa  ainda por provar. Ahhh, e com a grande vantagem de que a visita pode ser antes ou depois de uma corridinha no paredão a olhar para o mar. Melhor é quase impossível, certo?!

JM.