O RELÓGIO MAIS CARO DA HISTÓRIA!

O relógio de pulso mais caro da história vale… muito mais do que possa parecer. Porque para além de ser um relógio suíço de grande qualidade, tem também ele uma história própria, que envolve um actor que está entre os mais reconhecidos de sempre – Paul Newman. Sim, esse mesmo, o grande símbolo dos anos 60! Sentem-se bem, vamos falar de muuuuuito dinheiro! 😉

Toda a gente se lembra de alguém que uma vez disse que alguém ou algo parecia “um relógio suíço”. Essa expressão existe tal e qual a conhecemos porquê de facto os relógios fabricados na Suíça não têm paralelo no mundo inteiro: são os mais eficazes e muitos deles – principalmente os de luxo – podem durar uma vida inteira se forem devidamente mantidos. A Rolex é uma das marcas mais famosas e valorizadas da indústria relojoeira Suíça e tem alguns dos relógios mais emblemáticos da história, como o Submariner e o Daytona.

Fundada em 1905 por Hans Wilsdorf, um jovem alemão de 24 anos à altura, tem cada vez mais a simbologia associada de ser uma das melhores marcas de relógios do mundo. E a sua valorização tem disparado tanto ao longo dos anos que se tem tornado cada vez mais numa marca de luxo e sinónimo de estatuto social: um Rolex novo custa sempre vários milhares de euros.

Dito tudo isto… já podem adivinhar que o relógio mais caro da história é mesmo um Rolex. Mas não pensem que se trata de um novo modelo cheio de inovações tecnológicas e com diamantes cravados ou outro tipo de metais preciosos. O relógio mais caro da história é um Rolex Daytona de 1968. Para além de ser um relógio com cronógrafo tecnicamente muito bom – como todos os Rolex – a particularidade que faz dele tão especial é… ter pertencido a Paul Newman, um dos maiores actores da história do cinema. Famoso por grandes filmes como The Sting, Cool Hand Luke e The Color of Money, Newman tornou-se um ícone cinematográfico e de sensualidade para várias gerações.

Em leilão, o seu relógio foi vendido por um valor final acima dos 17 milhões de dólares!! Mais precisamente 17,752.500€. Muitos coleccionadores têm defendido este valor pelo facto de se tratar de uma peça que define os Estados Unidos da América e que tanto apela a amantes de desporto como de arte ou coleccionismo. No fundo defendem que se trata de um relógio transcendental. E a verdade é que pelo valor da venda… é mesmo uma peça muuuuito especial!

…Mal sabia Joanne Woodward (mulher de Newman) que o relógio que um dia lhe ofereceu teria este destino. A título de curiosidade, a actriz pediu que gravassem no relógio as palavras “Drive carefully” antes de o oferecer ao marido – um pedido muito comum e que ficará assim para a história 🙂

JM.