PROTEGER O PLANETA? ASSIM, SIM!

Vemos, ouvimos e lemos nos telejornais todos os dias que devemos preocupar-nos cada vez mais com o nosso planeta. Há incêndios sem precedentes onde o calor aperta como nunca, icebergs que derretem a um ritmo assustador e oceanos repletos de lixo (entre muitos outros problemas). Sabemos que esta é a situação real. E muitas das vezes aquilo que nos falta é perceber em que é que podemos intervir directamente, no dia a dia, para contribuir para um planeta mais saudável. Vou dizer-vos agora três formas simples de ajudar!

Acredito mesmo que muitas das vezes aquilo que nos separa de agir perante o planeta de forma absolutamente consciente é o facto de pensarmos que sozinhos não o conseguimos recuperar. E não conseguimos, de facto! No entanto, e como em tudo na vida, se nos esforçarmos por isso, vamos não só conseguir dar o nosso contributo como influenciar aqueles que nos rodeiam positivamente. Por muito que haja outros problemas que não estão tão ao nosso alcance imediato, repensar o consumo que fazemos dos mais variados tipos de produtos pode e deve ser o primeiro passo – até porque em muitos casos mudar esses comportamentos de consumo não vai afectar negativamente a forma como vivemos.

O QUE FAZER?!

Bom, há muitas formas de ajudar. Criar ou pertencer a movimentos ecológicos é sempre uma hipótese – talvez a mais sólida – mas não é a única. Mesmo sem alterar a vossa rotina podem fazer parte da mudança… ao financiar quem está preparado para a fazer. E fazem tudo em poucos minutos, estejam onde estiverem, desde que tenham internet! A palavra mágica, e pela qual têm que pesquisar, é: Kickstarter! É uma das maiores plataformas de crowdfunding do mundo e têm uma área dedicada especificamente a projectos que têm como objectivo reaproveitar recursos já existentes para fazer novos produtos. Tenho estado cada vez mais atento a esta área e vou contar-vos os três projectos que já ajudei nos últimos dias.

Teddy Locks – Meias que são produzidas a partir de lixo! Para além de reaproveitem recursos… são bem giras. E ajudam a aligeirar a nossa pegada ecológica… literalmente! 🙂

Zero-CO – Criar recipientes reutilizáveis para utilizar em casa (daqueles que tooooodos precisamos) e, assim, reduzir drasticamente a quantidade de plástico produzida. Este projecto está a começar na Austrália e se correr bem pode ser uma boa inspiração para muitos outros países!

Carbon Negative Jewelry – Pulseiras feitas a partir de dióxido de carbono retirado da atmosfera! Surpreendidos? Eu também fiquei quando vi 🙂

Vá, agora é a tua vez. Avança! 😉

JM.