QUANDO A MAGIA DO AMOR E DA TELEVISÃO SE JUNTAM!

Começo a perceber que Domingo é definitivamente o meu dia preferido para reflectir. Sobretudo se tiver acabado de apresentar o Somos Portugal, como é o caso de ontem. Na viagem de regresso (às vezes de muito longe de casa) ou mesmo quando chego e me deito na cama. Ontem acabei a minha noite a pensar que esta semana foi… incrível! Estive sempre a mil, como costumo comentar com as pessoas que estão mais perto de mim. Não tive tempo para fazer tudo o que queria mas todo o tempo que dediquei ao que fiz foi gratificante.


Todos os dias da semana tiveram momentos altos – o que à partida não é fácil e prova que foram sete dias em alta! Mas é impossível não destacar o fim da semana, desde quinta-feira até ontem.

Ok, vamos render-nos às evidências… o dia 14, dia de São Valentim, é um dia emblemático. Por isso nós, no Você na TV, não podíamos deixar de o assinalar com pompa e circunstância! Na véspera, o Manuel Luis Goucha e a Maria Cerqueira Gomes lançaram o repto a todos os casais que estivessem a ver o programa: para se dirigirem ao Terreiro do Paço, onde estive eu e a Inês, a recebê-los e a tentar selecionar aqueles que nos pareceram os mais apaixonados! A ideia era simples: participarem num desafio que os podia fazer ganhar um carro. Posso garantir-vos que estivemos com centenas de casais e tivemos a difícil tarefa de selecionar apenas 14 casais. Na manhã seguinte, em pleno dia de São Valentim, esses mesmos casais estiveram no Você na TV a prestar provas para serem escolhidos como um dos 7 casais finalistas a participar no tal desafio. O júri presente no programa era composto pelo Rubim e a Isabela… com a ajuda do Manuel Luis e da Maria  😉

O que se passou depois foi verdadeiramente surpreendente. Primeiro porque revelámos aos casais finalistas aquilo que estes teriam de conseguir para ganhar o carro: entrar juntamente com os outros casais dentro do carro e ser o último deles a abandonar. E depois porque vivemos emoções muito fortes. Este desafio testou verdadeiramente a resiliência e o alinhamento de cada casal. São muitas horas fechados dentro de um carro e nem todos os casais conseguiram estar juntos – alguns só tiveram espaço para estar numa zona diferente do carro daquela em que estavam os parceiros. Para juntar a todas estas condicionantes, o único momento de descontracção possível durava 3 minutos e só acontecia de 4 em 4 horas (pausa para comer qualquer coisa e ir ao WC). Duro, han?! 😊

Eu e a Inês estivemos lá, a assistir à prova minuto a minuto – de dia, noite e madrugada – e fomos sempre fazendo diretos e reportagens para que Portugal pudesse lá estar também connosco a assistir. Acredito que conseguimos passar a magia destes momentos e a quem não viu podemos assegurar: foi uma experiência incrível. Desde casais que desistiram em função da maior necessidade de outros, a visitas surpresa que deram alento para que alguns continuassem e até a pequenas irritações e zangas, houve um pouco de tudo – como é normal num desafio tão duro! No final ganharam o Luis e a Mónica, que nos haviam confessado precisar do carro para transportar o filho até à escolha. Haverá final mais apaixonante do que este? Não me parece 😊

Aqui fica o meu agradecimento por esta experiência especial a todos os casais que nos inspiraram para mais momentos de televisão inesquecíveis:

Siro e Gisele

Cátia e Bruno

João e Liliana

Tiago e Priscila

Joel e Daniela

Luis e Mónica

Maria e Renato

Um Abraço,

JM