UMA COISA QUE AINDA NÃO SABIAM SOBRE MIM!

 

A comédia é claramente o género que desde mais cedo me entusiasmou. Primeiro numa perspectiva apenas de espectador, mas depois já com uma curiosidade que indicava que talvez o meu futuro estivesse também ligado ao entretenimento. Agora é fácil olhar para trás e perceber! 🙂

Na minha cabeça tudo começou com os programas do Herman José – verdadeiro culto!! – que eram sempre aqueles que eu não podia perder nem por nada. Depois surgiu a febre dos Gato Fedorento e do seu humor ainda mais inteligente, actual e refinado, que eu também seguia fervorosamente. O formato “stand up comedy” – que noutras coordenadas do mundo já movimentava multidões – aparece então de forma declarada em vários canais de televisão e daí nascem novas personalidades que marcam o humor português como Bruno Nogueira, Aldo Lima e mais tarde Salvador Martinha e até o corrosivo Rui Sinel de Cordes.

Mas afinal porque é que eu gosto de stand up comedy?!

Primeiro que tudo pelos textos. Os textos são a alma de qualquer conteúdo de entretenimento e no stand up então… têm uma preponderância maior ainda. O espectáculo é normalmente desprovido de grandes cenários, luzes, sons e outro tipo de atracções. É só um texto, um comediante e um microfone. Portanto se não houver um bom texto… não vai restar praticamente nada! Se a um texto de qualidade juntarmos então alguém que sabe como dizê-lo e que sente a plateia que tem à frente… é sucesso praticamente garantido.

Chris D’Elia, big YES!

Este é o stand up comedian que tenho seguido nos últimos dias. Comecei por ver este espectáculo – capa do artigo – que está disponível na Netflix e ainda não parei. Já vi praticamente tudo o que há dele no YouTube e sinceramente… gostei mesmo muito. Para além dos textos relacionáveis e muitas das vezes “afiados”, gosto sobretudo de duas coisas do seu estilo: o lado físico de grande expressividade e a forma como faz parecer que cada piada é um pensamento que lhe saíu naquele preciso momento diretamente do cérebro para a boca. Ponho-me muitas vezes a pensar que eu também penso como ele… só não digo 😉

Para além de fazer ‘stand up também é actor (e foi assim que se notabilizou), rapper e escritor. Depois de todos os vídeos que há disponíveis pela internet fora podem também ouvir o seu podcast: Congratulations with Chris D’Elia. Há mesmo muita coisa interessante aqui!

Dêem uma oportunidade e vão ver que não se arrependem. Porque rir à gargalhada não tem preço! 😉

JM